Estou preparado para investir na Bolsa de Valores?

“Se você decidiu operar seus investimentos em renda variável, busque conhecimento”, ressalta o especialista Sérgio Biagioni Junior | Foto: divulgação

*Sérgio Biagioni Junior

“A ação que eu comprei está valendo menos do que eu paguei, estou perdendo meu dinheiro, o que eu faço agora?”. Mantenha a calma e vamos entender como funciona a Bolsa de Valores.

Resumidamente, a Bolsa de Valores é um mercado organizado, onde se negociam ações de empresas de capital aberto, além de outros títulos mobiliários. Quem determina o preço de uma ação, por exemplo, é a lei da oferta e da procura, baseada em diversas variáveis internas, externas e particulares de cada empresa e setor de atuação.

Com a redução sistemática da Taxa Selic, os investimentos tradicionais e mais conhecidos pelos brasileiros, como a poupança, o CDB e alguns fundos de investimento, vem sofrendo reduções substanciais em seus rendimentos, tornando-se menos atraentes aos investidores.

Assim, na tentativa de buscar maiores rentabilidades, muitas pessoas físicas passaram a investir seu dinheiro em Renda Variável, especificamente em ações de empresas listadas na Bovespa, também conhecida como “B3”.

Antecipadamente, deixo claro que não estou aqui para dizer que investir em Bolsa de Valores é bom ou ruim. Esta é uma decisão exclusiva do investidor, porém, considero importante ponderar alguns pontos, entre muitos, antes de iniciar seus investimentos em Renda Variável.

Está preparado? Então, vamos lá!

• Qual seu objetivo de investimento? (longo prazo ou scalping)
• Conhece a dinâmica das operações em Bolsa de Valores?
• Está preparado(a) emocionalmente para investir na Bolsa de Valores?
• Qual seu perfil de investidor?
• Como você lida com perdas financeiras?
• Qual montante de seu patrimônio está disposto(a) a colocar em risco?
• Qual método vai utilizar para montar sua carteira (fundamentalista ou análise técnica)?
• Quanto você conhece da empresa ou segmento onde está investindo seu dinheiro?

Perceba que operar na bolsa de valores é muito mais complexo do que comprar uma ação, esperar o preço subir e vende-la com lucro.

Situações completamente inesperadas, assim como a pandemia de Covid-19, podem ocorrer e mudar completamente a direção do mercado e o rumo de seus investimentos.

Portanto, se você decidiu operar seus investimentos em renda variável, busque conhecimento, estude o máximo que puder sobre a empresa ou empresas onde deseja investir, estabeleça um limite máximo de perda (chamado de stop), não concentre seus investimentos em um único ativo e tenha sempre em mente que existe a real possibilidade de ganhos espetaculares, como também de perdas que podem levar embora boa parte de seu patrimônio em minutos.

Se tiver dúvidas, procure ajuda profissional de confiança.

Boa sorte!

*Sérgio Biagioni Junior trabalhou mais de 25 anos no mercado financeiro, é formado em Administração de Empresas, pós-graduado em Banking, MBA em Controladoria e Custos. Cursa pós-graduação na PUC-RS em Planejamento Financeiro e Finanças Comportamentais. Atualmente é mentor e planejador financeiro especializado em profissionais liberais, pessoas físicas e finanças familiares. Tire suas dúvidas: falandofacil123@gmail.com.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here