O impacto do PIX para pequenas empresas

“Transações entre pessoas físicas serão gratuitas e entre pessoas jurídicas terá um custo, mas será menor do que o do TED e DOC”, ressalta Luana | Foto: divulgação

*Luana Menegat

Chegou o PIX, uma nova forma de fazer transferência para qualquer banco ou instituição de pagamento em que você possa ter conta digital, a qualquer dia, hora, incluindo feriados e é muito mais prático do que TED ou DOC. Veio para revolucionar a forma como a gente paga hoje, no Brasil.

Não existe restrição de quem poderá utilizar o PIX, então transações entre pessoas físicas, entre pessoas jurídicas e até mesmo para efetuar pagamento de impostos. E os impactos para as micro e pequenas empresas será significativo.

Como não existe limitação das transações que você pode fazer, vai poder pagar contas diversas, até mesmo com QR code, transferências, impostos, o que for. Ele retoma o princípio básico de pagamento, alguém quer receber e alguém quer pagar. O PIX resolve isso, ele faz uma conexão de uma conta para outra de uma forma linear, sem intermediações na operação.

A digitalização nas empresas, que é essencial, recebe reforço desse meio de pagamento, afinal para poder fazer um PIX ainda é preciso ter saldo na conta, então ele funciona como um cartão de débito. É uma nova forma de transferir recursos. Transações entre pessoas físicas serão gratuitas e entre pessoas jurídicas terá um custo, mas será menor do que o do TED e DOC. Vai reduzir custos e mudar a forma de relacionamento com fornecedores e clientes.

Essa revolução já começou. Mais de 3 milhões de pessoas acessaram a chave do PIX só no primeiro dia. Esses consumidores não podem sair do radar da empresa, então se informe, porque vai ser, mais ou menos, como os pagamentos feitos via QR code em maquininhas do comércio hoje em dia. No QR code do PIX cada compra ou serviço prestado gerará um QR code único. Futuramente será possível pagar por biometria e face id.

E qual o impacto direto que isso traz para o meu pequeno negócio?
Como o PIX ainda funciona só com operações de transferência de quem tem saldo em conta, receber pagamentos de clientes por meio de PIX elimina a inadimplência, o que para as pequenas e médias empresas (PMEs) representa um grande benefício.

Além do mais, o recebimento efetivo do valor na conta de destino ocorre em até 10 segundos, isso garante que a empresa tenha dinheiro para giro, nada mais de imensas quantias a receber futuramente.

É claro que esses grandes benefícios estão atrelados a medida de vezes que o cliente utiliza o PIX para efetuar o pagamento do produto ou serviço, por isso é tão importante que micro e pequenas empresas insistam e incentivem essa transição digital.

Se essa mudança no meio de pagamento está aí, peça sua chave do PIX junto à sua instituição financeira onde tem conta.

O mundo é digital e você não pode mais ser analógico, nem as pequenas empresas ou os microempreendedores.

*Luana Menegat é CEO da Razonet Contabilidade Digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here