Municípios do ABC têm crescimento na arrecadação de ISSQN no primeiro semestre

Dados da ferramenta que gerencia o imposto mostra aumento na arrecadação em relação ao 1º semestre de 2020 e aumento do número de empresas abertas no período

Foto: Angelo Baima/PSA/Arquivo

A arrecadação de Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) em seis municípios do ABC cresceu no primeiro semestre de 2021 (janeiro a junho), comparado ao mesmo período de 2020. Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires também apresentaram aumento no número de empresas abertas no período.

Os dados são da GissOnline, plataforma de gerenciamento tributário dos municípios, desenvolvida pela Eicon. O setor de Serviços inclui os segmentos de bares e restaurantes, construção civil, turismo, academias e serviços financeiros, como bancos, entre outros.

Município 1º semestre 2020 1º semestre 2021 Variação
Santo André R$ 214.891.512,74 R$ 232.245.794,18 + 8%
São Bernardo R$ 234.391.803,06 R$ 266.851.735,16 + 14%
São Caetano R$ 98.159.174,61 R$ 108.190.683,21 + 10
Diadema R$ 39.733.255,73 R$ 47.951.153,40 + 21
Mauá R$ 40.121.965,16 R$ 55.891.432,15 + 39%
Ribeirão Pires R$ 11.307.083,44 R$ 12.557.662,86 + 11%

 

“A retomada gradual das atividades econômicas, aliada às ações positivas das prefeituras da região, como a recuperação de créditos, a fiscalização e o gerenciamento tributário, contribuiu para esse expressivo crescimento, que impulsionará o investimento nas cidades”, diz Luiz Alberto Rodrigues, CEO da Eicon.

O número de empresas abertas no 1º semestre de 2021 também foi superior ao ano passado. “Esse é um resultado que demonstra a confiança do empresário na economia da cidade”, finaliza Rodrigues.

Diadema

O número de empresas abertas no 1º semestre de 2021 foi 31% superior ao ano passado. Entre janeiro e junho foram abertos 1.445 novos negócios, ante 1.106 em 2020. Já o fechamento de empresas recuou 9% no período. Em 2021, 336 empresas fecharam no município no primeiro semestre, em 2020 esse número foi 371.

São Caetano

O número de empresas abertas no 1º semestre de 2021 foi 25% superior ao ano passado. Entre janeiro e junho foram abertos 1.983 novos negócios, ante 1.581 em 2020. Já o fechamento de empresas recuou 32% no período. Em 2021, 529 empresas fecharam no município no primeiro semestre, em 2020 esse número foi 778.

São Bernardo

O número de empresas abertas no 1º semestre de 2021 foi 47% superior ao ano passado. Entre janeiro e junho foram abertos 5.387 novos negócios, ante 3.676 em 2020. Já o fechamento de empresas recuou 10% no período. Em 2021, 1.115 empresas fecharam no município no primeiro semestre, em 2020 esse número foi 1.299.

Santo André

O número de empresas abertas no 1º semestre de 2021 cresceu 37% em relação ao ano passado. Entre janeiro e junho foram abertos 7.812 novos negócios, ante 5.684 em 2020.

Mauá

O número de empresas abertas no 1º semestre de 2021 cresceu 17% em relação ao ano passado. Entre janeiro e junho foram abertos 2.465 novos negócios, ante 2.104 em 2020.

Ribeirão Pires

O número de empresas abertas no 1º semestre de 2021 cresceu 55% em relação ao ano passado. Entre janeiro e junho foram abertos 596 novos negócios, ante 385 em 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here