Ônibus de aplicativo começa a funcionar amanhã no Corredor ABD

Foto: Reprodução/Diário do Transporte

Por Adamo Bazani, do Diário do Transporte

O serviço de ônibus rodoviários por aplicativo da Metra no Corredor ABD começa a circular a partir desta terça-feira, 05 de janeiro de 2021, entre Diadema e Santo André.

A informação foi confirmada pela assessoria do aplicativo UBus, que será a ferramenta de celular para pedir o ônibus, comprar a passagem e reservar assentos.

O Diário do Transporte mostrou em primeira mão no dia 24 de dezembro de 2020 que o secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy, autorizou de forma oficial a operação da linha. A tarifa será de R$ 7,50

Relembre:

Metra recebe autorização para operar linha de ônibus de aplicativo entre Santo André e Diadema no Corredor ABD

Segundo nota da UBus, os ônibus rodoviários possuem assento marcado, horário pré-definido, wi-fi e acompanhamento da rota em tempo real. O pagamento pode ser pelo aplicativo (cartão de crédito ou cartão BOM). O usuário poderá baixar o aplicativo UBus gratuitamente, disponível nas versões Android e IOS. Para o cadastro, é preciso colocar dados pessoais e forma de pagamento.

Ainda na nota, a empresa explica como utilizar o aplicativo que ainda terá a possibilidade de o usuário avaliar o serviço.

“Basta fazer a solicitação para o endereço desejado e colocar o ponto de partida. O aplicativo verifica a rota, dá as opções de marcação de assento, informa horário do embarque e dá uma previsão do desembarque, valor da passagem e pronto! Ao entrar no ônibus o usuário valida a sua passagem com a leitura do QRcode (que fica disponível na entrada do veículo) através do aplicativo. Simultaneamente as informações aparecem para o motorista em um tablet que fica anexado ao painel do veículo. Assim, ele pode acompanhar todos os dados relacionados à viagem. O app foi o primeiro a ser lançado no Brasil com essa ideia e já funciona em São Bernardo do Campo na operação da BR7 Mobilidade. Os veículos não são da UBus, a startup apenas faz a ponte entre empresas de transporte e passageiros. Para utilizar o sistema do UBus a operadora deve ter a concessão pública na área de transporte coletivo, bem como toda a documentação necessária para exercer a atividade. Os motoristas também passarão por treinamentos e reciclagem para manter o padrão de excelência no atendimento. Ao final da corrida, o usuário irá avaliar o motorista e as condições do veículo”.

Já a Metra informou que a linha só vai parar em pontos determinados.

“Essa linha só irá parar se houver passageiros em pontos específicos como Terminal Santo André Leste, Shopping ABC (Parada Santa Tereza), Shopping Metrópole (Parada ETE/Senai), Paço Municipal, Terminal São Bernardo, Terminal Piraporinha, Parada Castelo Branco e Terminal Diadema, com wifi grátis, tomada individual, entretenimento, e ar condicionado”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here