Prefeito de SP formaliza participação no Consórcio ABC e sugere transporte hidroviário

Intenção é fazer a ligação hídrica pela zona sul de São Paulo; questionado pelos jornalistas, chefe do Executivo paulistano não deu detalhes

Volpi, Nunes, Serra e Filippi, durante atendimento à imprensa após reunião com portas fechadas | Foto: Vitor Lima

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, esteve na sede do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, em Santo André, na manhã de hoje (10). O prefeito assinou documento que oficializa a participação da Prefeitura de São Paulo no Conselho Consultivo Político Permanente da entidade.

A ação consolida a aproximação da capital com os municípios da região e permite maior colaboração entre as partes para a resolução de problemas comuns. Vale lembrar que das sete cidades do ABC, cinco têm divisas com a capital – menos Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Nunes valorizou o termo de parceria e projetou maior celeridade no andamento dos projetos do piscinão Jaboticabal e do BRT, que serão implementados em regiões de divisa. “Vamos discutir políticas públicas tanto para o Grande ABC quanto para a cidade de São Paulo e compartilhar muitas experiências. Temos muito para contribuir, principalmente no pós-pandemia”, comenta.

Chamou a atenção, contudo, a sinalização do prefeito da capital sobre a implementação de um sistema de transporte hidroviário para interligar São Paulo com o ABC.

Questionado pelos jornalistas, o prefeito não deu detalhes do projeto, apenas citou que a iniciativa poderia ser viabilizada pela zona sul da capital para fazer a ligação com Diadema.

Portanto, a única alternativa que poderia viabilizar o projeto seria a utilização do Rio Pinheiros, que passa por amplo programa de requalificação, e da represa Billings.

De qualquer forma, ficou claro que é projeto ainda está em estágio incipiente, com pouco, ou nada, definido concretamente. Até mesmo os prefeitos do ABC se mostraram surpresos com os planos do chefe do Executivo paulistano e afirmaram que “ainda serão feitos estudos” sobre o assunto.

Presenças e ausências

Participaram da agenda: Paulo Serra, presidente do Consórcio e prefeito de Santo André; Jose de Filippi Júnior, prefeito de Diadema; Clovis Volpi, prefeito de Ribeirão Pires; Claudinho da Geladeira, prefeito de Rio Grande da Serra; Celma Dias, vice-prefeita de Mauá; e Marcelo Lima, vice-prefeito de Mauá.

O prefeito de São Caetano do Sul era esperado para o encontro, mas não compareceu, tampouco enviou qualquer representante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here