Envelhecimento da população é tema de evento online

Evento ocorre nesta quarta-feira (24), às 19h | Foto: Freepik

O Movimento Somos 60mais, plataforma de conteúdo e inclusão da geração longeva que gera informações relevantes e conecta pessoas que se dedicam a ofertar serviços e produtos para essa parcela da população, e a Unibes Cultural promovem nesta quarta-feira (24), a partir das 19h, o evento digital Encontros – que será transmitido por meio da fanpage ou canal no Youtube da Unibes e canal do Somos 60 Mais no Youtube – para debater o tema Etarismo – Envelhecimento da População e a dura realidade no Brasil. O Fenômeno social x oportunidades.

A pandemia aborda o envelhecimento da população, o preconceito e a violência contra o idoso, que é uma questão social global que afeta a saúde e os direitos humanos de milhões de idosos no mundo.

O evento Etarismo discutirá a inclusão da população que está envelhecendo, o fenômeno social e quais são essas oportunidades, a importância da luta contra o preconceito e a violência contra o idoso, a luta contra os estereótipos negativos relacionados à idade e os impactos que o preconceito contra os idosos causam na sociedade, o chamado etarismo (ou ageísmo).

A programação conta com a participação de Fran Winandy, pesquisadora na área de Diversidade Etária nas Organizações; do Sergio Serapião, co-fundador e CEO da Labora, startup voltada para inclusão da diversidade geracional no mercado e fundador do LAB60+; Dilene Silva uma das líderes do Pilar50+, no programa Allin, programa de DE&Iq da Deloitte, além da participação especial do canal Avós da Razão, programa apresentado por três mulheres (Gilda 70+, Sonia 80+ e Helena 90+) e, moderação da jornalista especializada em Saúde, Cylene Souza.

O evento será beneficente e terá a renda revertida para a Unibes Social, que atende idosos e famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social. Hoje, mais de 15 mil atendimentos são realizados pela Unibes Social, cujo propósito é ajudar pessoas a transformarem a sua própria história de vida, com a capacitação para o trabalho, desenvolvimento da autonomia individual, disseminando o interesse pela cultura, além de apoiar o resgate da autoestima e da qualidade de vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here