Especialista afirma que autoconhecimento pode revolucionar a vida

"Quando temos consciência de nós mesmos, nós nos tornamos livres para escolher os comportamentos que desejamos”, afirma a diretora do Centro Hoffman no Brasil, Heloísa Capelas | Foto: divulgação

Muito se fala que o autoconhecimento é a chave para se obter renovação em diversas áreas da vida. É a partir de uma análise profunda de si mesmo que conseguimos nos impor perante os desafios do cotidiano, e levar uma vida muito mais plena e próspera, segundo a diretora do Centro Hoffman no Brasil, Heloísa Capelas.

Para a especialista, desenvolver e aprimorar o autoconhecimento e o amor-próprio é o caminho para toda e qualquer transformação positiva que se queira:
“Quando temos consciência de nós mesmos, nós nos tornamos livres para escolher os comportamentos que desejamos — e não mais ser ‘escolhido’ pelos comportamentos”, afirma.

A seguir, Heloísa dá dicas sobre como o autoconhecimento pode impactar diferentes áreas da vida.

Finanças
Faça uma retrospectiva da sua infância sobre o que aprendeu sobre dinheiro e como isso atinge a sua vida hoje. Se você teve pais muito consumistas, por exemplo, é possível que tenha se tornado igualmente um adulto consumista. Ou, ao contrário, um adulto que preza pela economia a qualquer custo, tendo se tornado praticamente um avarento.

Para que se possa conquistar mais saúde financeira, primeiro é preciso escutar atentamente e reconhecer cada um dos pensamentos sobre dinheiro. O segundo passo, portanto, é transformar essas crenças inconscientes e buscar o seu próprio caminho.

Família
Pense honestamente nos comportamentos dos seus pais, quando você era apenas uma criança. Tente lembrar se eram muito duros, controladores ou pouco atenciosos. Se davam demonstração de amor e carinho ou eram agressivos. Invariavelmente, todos nós aprendemos por cópia e repetição com nossos pais. Entendemos aquele conjunto de comportamentos, inclusive os gestos negativos que nos magoaram, como uma demonstração de amor. E, quando não ganhamos consciência disso, reproduzimos o mesmo comportamento como pais.

Se você quer fortalecer, revigorar e renovar suas relações familiares, que tal começar por sua própria história? O primeiro passo é perdoar-se. Seja lá o que você fez, certamente fez o seu melhor. Assuma sua falha e decida que, a partir de agora, buscará agir de outra forma. Quando não buscamos mais a perfeição, estamos prontos para simplesmente aceitar o que somos. Depois, perdoe seus familiares. Eles fizeram apenas o melhor que podiam.

Carreira e profissão
Abuse da positividade em 2020. Ela é capaz de mudar radicalmente a sua vida profissional para melhor. Mas, para que isso faça sentido, em primeiro lugar é preciso entender a importância do autoconhecimento e da autoliderança na sua carreira. Autoliderança é a capacidade de assumir as rédeas e a responsabilidade pelas próprias decisões, bem como pelas próprias vitórias e fracassos. É o que confere, a qualquer pessoa, maior capacidade de conquistar plenitude, bem-estar, saúde e sucesso em geral.

Então, enxergue-se por inteiro, assuma as suas competências e limitações, orgulhe-se de tudo o que já conquistou, perdoe-se pelos seus fracassos e veja o que pode aprender com eles. Assuma a responsabilidade por si mesmo com toda a sua positividade.

Amor
A maior parte das pessoas (homens ou mulheres, heterossexuais ou homossexuais, jovens ou velhos) nutre o desejo de encontrar um parceiro ideal que lhes ofereça amor incondicional. E grande parte deposita nesse parceiro inúmeras expectativas para que ele atenda seu gosto. Mas aí está um grande engano, que bloqueia as chances de felicidade.

Para começar, só existe uma possibilidade de viver o amor incondicional: através do amor-próprio. Apropriar-se de si abre seu caminho para um outro universo, onde as relações se estabelecem de maneira mais sincera. Chega de esperar do outro. De cobrá-lo. De idealizá-lo. De achar que é dele o papel de ceder, de reconhecer, de fazer e de acontecer. Assuma a responsabilidade e o amor por si. Esteja disposto a negociar com o outro e a estabelecer uma relação de troca verdadeira, profunda e honesta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here