“Janeiro Branco”: campanha alerta para cuidado com a saúde mental

De acordo com a neuropsicóloga Marcella Bianca Neves, alterações no sono, confusão mental e comportamentos disfuncionais são sinais importantes para buscar ajuda profissional | Foto: reprodução

Ainda há muita discriminação e falta de informação em relação aos transtornos mentais, principalmente a depressão. A neuropsicóloga Marcella Bianca Neves, fundadora do Instituto do Cérebro e membro da Sociedade Brasileira de Neuropsicologia (SBNP), reforça que apenas através de debates e conscientizações será possível quebrar esse tabu e alerta que a psicoterapia é fundamental para todas as pessoas.

“Atualmente, o preconceito é mascarado pela ignorância e pelos estereótipos que vitimizam os portadores de transtornos mentais – o que, além de dificultar a aceitação do distúrbio pelos próprios indivíduos, serve de empecilho para que se recuperem de uma doença tão perigosa quanto subestimada. O acompanhamento psicológico frequente é primordial para uma vida mais saudável e produtiva. Temos que mudar o paradigma de que a psicoterapia auxilia apenas indivíduos com graves problemas psicológicos. Cuidar da saúde mental não é frescura”, destaca Marcella.

De acordo com a especialista, qualquer comportamento que prejudique a autonomia na vida diária de uma pessoa merece atenção e os sintomas variam conforme o transtorno.

“Em casos depressivos, por exemplo, sinais de isolamento social, tristeza, desânimo persistente, baixa autoestima, sentimentos de inutilidade, mudança de apetite, entre outros. Mas de modo geral, alterações no sono, confusão mental (temporal e espacial) e comportamentos disfuncionais tendem a ser sinais importantes para buscar ajuda profissional e iniciar uma investigação clínica”, pontua a especialista.

No Instituto do Cérebro (Rua Dr. Guilherme Bannitz, 90 cj. 91, Itaim Bibi, em São Paulo), Marcella incentiva as reflexões sobre as questões emocionais, afetivas e o cuidado com o bem-estar psíquico. Para contribuir com as ações da campanha Janeiro Branco, durante todo o mês de janeiro haverá plantão psicológico, um dia por semana, com atendimento gratuito à comunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here