Ceias de Natal devem aquecer em 10% o setor de panificação no ABC

O ABC tem 796 padarias, segundo dados da Sipan Aipan ABC | Foto: divulgação

Por Vivian Silva

As tradicionais compras de Natal, além das confraternizações, aceleram de modo geral o ritmo de vida das pessoas, no fim do ano. Com isso, muitas famílias optam por comprar a ceia de Natal e demais alimentos típicos do período, pela praticidade e também qualidade dos produtos. No ABC, o serviço é oferecido em diversas padarias da região.

De acordo com o Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de Santo André e Associação dos Industriais de Panificação e Confeitaria do Grande ABC (Sipan Aipan ABC), a expectativa de faturamento do setor, em dezembro, é de aproximadamente R$ 790 milhões, valor 10% superior ao registrado no mesmo período do ano passado.

Para o executivo de Marketing e Vendas da Sipan Aipan ABC, Luis Antonio Rodrigues, o período é muito positivo para o setor de panificação. “Assim como a maioria do varejo, a busca por opções de presentes, ou mesmo contribuir com os momentos da família à mesa, traz aumento de consumo”, afirma.

Além dos quitutes típicos do Natal, as padarias apostam em novidades gastronômicas no período | Foto: divulgação

E para agradar ainda mais aos clientes, além dos tradicionais panetones e rabanadas, o setor – que conta com 796 padarias no ABC – aposta em novidades, conforme conta o administrador de empresas e diretor da Padaria Brasileira e da Brasileira Express, Antonio Henrique Afonso Junior. Para este ano, entre as novidades da rede, estão o “lombo recheado com catupiry, nozes e damasco; tender fatiado com molho de mostarda dijon; bolo de nozes e praline de castanhas”.

“O Natal e Réveillon são as datas mais significativas em volume de vendas e financeiro durante o ano. Outras datas importantes como Páscoa e Dias da Mães, que também são datas representativas, não conseguem atingir o mesmo volume”, comenta Afonso Junior, que estima um crescimento de 10% nas vendas, em relação ao mesmo período de 2018.

Já um dos sócios-proprietário da padaria Palácio do Pão, Henrique Pereira, confirma o aquecimento do setor nesta época, sem divulgar a estimativa de vendas para o período. “Em dezembro sempre temos um fluxo de clientes maior, considerando a sazonalidade e, consequentemente, temos um aumento nas vendas em geral”, comenta.

No Palácio do Pão, entre as novidades, estão os panetones recheados: “Red Velpte, Alpino, Charge, Rafaello, Sensação, Pão de Mel e Floresta Negra”.

Novas vagas
A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que serão contratados 91 mil trabalhadores temporários, neste fim de ano, para atender ao aumento sazonal das vendas. O número é 4% maior do que o registrado em 2018 (87,5 mil). O Natal é a principal data comemorativa do varejo e deve movimentar R$ 35,9 bilhões em 2019.

Embora o Palácio do Pão e a Padaria Brasileira confirmem o aumento no movimento de clientes, ambos locais não abriram contratação temporária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here