Comércio tem crescimento de 5,2% em novembro

Maior alta desde novembro de 2013 foi impulsionada pela Black Friday; móveis e vestuário foram as áreas de destaque no mês | Imagem: divulgação

O Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian revela que novembro teve alta de 5,2% na variação anual, em relação ao mesmo mês de 2018. Este é o melhor resultado desde novembro de 2013, quando o aumento foi de 7,3%. No acumulado anual, o acréscimo foi de 1,8%, enquanto o crescimento foi de 1,3% com relação a outubro de 2019, ajustado sazonalmente.

Assim, o resultado foi impulsionado pela Black Friday , com destaque para os segmentos de móveis, eletrodomésticos, eletrônicos e informática e tecidos, vestuário, calçados e acessórios, que tiveram alta de 12,0% e 7,2%, respectivamente.

Segundo o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, esta “alta mensal é bastante expressiva, puxada pelo setor de móveis e tecidos, segmentos que foram fortemente impactados pelas vendas da época de descontos no varejo”.

Já na análise do acumulado do ano, o destaque ainda fica com as áreas que dependem mais do crédito, como veículos, motos e peças (9,0%) e materiais construção (4,8%), relacionados ao consumo de longo prazo, segundo Rabi. Supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas também apresentam alta entre janeiro e novembro de 2019 (0,1%), enquanto os demais tiveram queda – móveis, eletrodomésticos, eletrônicos e informática (-1,0%), combustíveis e lubrificantes (-3,4%) e tecidos, vestuário, calçados e acessórios (-1,9%).

Os aumentos registrados em móveis, eletrodomésticos, eletrônicos e informática e tecidos, vestuário, calçados e acessórios foram os maiores no comparativo entre novembro deste ano e 2018. Supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas e materiais de construção também tiveram crescimento no comparativo anual, enquanto veículos, motos e peças e combustíveis e lubrificantes registraram queda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here