São Bernardo inicia reabertura gradual do comércio na segunda-feira

Nesta fase, 13 setores poderão retomar os atendimentos ao público, dentro de horário pré-determinado; medidas sanitárias serão exigidas e fiscalizadas | Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

Após avançar para a fase 2 do Plano São Paulo, proposto pelo governo do Estado, São Bernardo do Campo se prepara para iniciar a reabertura gradual do comércio a partir deste segunda-feira (15). A retomada da atividade econômica, após quase três meses de quarentena, vai seguir conceitos da ciência e estratégias de saúde pública. O decreto que regulamenta o retorno das atividades de setores autorizados nesta etapa foi publicado no Jornal Notícias do Município (NM) desta sexta-feira (12).

Nesta fase, 13 setores poderão retomar os atendimentos ao público – restritos a 4h diárias – dentro de horário pré-determinado. São eles: concessionárias e revendedores de veículos (13h às 17h); escritórios (10h às 14h); serviços de informação, comunicação e publicidade (10h às 14h); atividades de edição de livros, jornais e revistas (10h às 14h); lojas de departamento (11h às 15h); shoppings (16h às 20h); comércio atacadista e varejista (11h às 15h); loja de bicicletas, peças e acessórios (11h às 15h); lojas de móveis em ruas (11h às 15h); shoppings populares e galerias comerciais (11h às 15h); imobiliárias (10h às 14h); comércio ambulante (11h às 15h); e alfaiates, ateliês de costuras, sapateiros e congêneres (11h às 15h).

Todos estes setores deverão garantir que não haja aglomeração, respeitar o distanciamento de 1,5m entre as pessoas, aferir a temperatura dos clientes, disponibilizar álcool em gel, restringir o acesso de consumidores, entre outras medidas sanitárias. Os comércios que não cumprirem as normas terão suas atividades interrompidas. A fiscalização ficará à cargo da Vigilância Sanitária, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM). Moradores poderão denunciar o descumprimento destas medidas por meio do número 153 e do app São Bernardo na Palma da Mão.

“Fazemos um apelo para que os estabelecimentos autorizados cumpram estas medidas e incentivem, sempre que possível, o teletrabalho e o home office, principalmente para pessoas de grupo de risco e mães com filhos pequenos em idade escolar. A continuidade desta flexibilização depende de todos nós. Se houver um relaxamento das medidas de proteção, corremos o risco de retroceder. A retomada deve ser responsável, porque o vírus continua fazendo vítimas”, destaca o prefeito Orlando Morando.

Igrejas

A atividade em templos religiosos e cultos de qualquer gênero também está autorizada, entre 7h e 20h. Para isso, a igrejas deverão limitar a duração de missas e cultos a no máximo 60 minutos, com intervalo mínimo de 2 horas, desde que haja total desinfecção do local entre um culto e outro.

Mobilidade urbana

A frota de ônibus municipais, que estava reduzida a cerca de 55%, também voltará a circular com 100% de sua capacidade a partir do dia 15. O objetivo é evitar aglomerações. A orientação é que os usuários mantenham as medidas de higiene e façam o uso de máscara para o embarque.

Para organizar o retorno da atividade econômica, a operação do estacionamento controlado (Rotativo) do município, que estava suspensa desde o dia 20 de março, será retomada na próxima terça-feira (16). A empresa responsável pelo serviço, a Estapar, disponibilizará máscaras, face Shields e frascos individuais com álcool em gel a todos os agentes, de forma a garantir a segurança dos colaboradores e dos usuários do sistema.

Saúde

O município vem preparando sua estrutura de Saúde para garantir atendimento a todos os pacientes da Covid-19. Somente entre abril e maio, foram inaugurados dois hospitais exclusivos ao atendimento de pacientes diagnosticados com a Covid-19: o Novo Hospital Anchieta e o Hospital de Urgência, considerado o maior equipamento construído para atendimento da doença no País. Com isso, a cidade ampliou seu número de leitos exclusivos para 517, sendo todos em pleno funcionamento, após o envio de novos respiradores por parte do governo do Estado.

O decreto 21.182 de 11 de junho de 2020, que trata dos protocolos para o retorno da atividade econômica pode ser conferido na íntegra no link: https://www.saobernardo.sp.gov.br/documents/10181/1018801/NM+2151+Especial+de+12.06.2020+-+Conteu%CC%81do+Integral.pdf/56e8ef9d-1cfa-3d4c-e2f6-bb415614fbd1

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here