Bimbo assina acordo com o Ministério da Saúde para redução de açúcares em seus produtos

0
28
A iniciativa é voluntária e prevê retirar, de forma gradual, 144,6 mil toneladas do ingrediente até 2022 | Foto: Reprodução

A Bimbo Brasil, empresa líder em panificados, assume o compromisso com o Ministério da Saúde para reduzir açúcares em seus produtos. Acordo foi assinado hoje por meio das associações ABIA (Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação); Abimapi (Associação Brasileira da Indústria de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados), ABIR (Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas) e VIVA LÁCTEOS (Associação da Indústria de Lácteos) e , ao todo, fazem parte 68 indústrias, que representam 87% do mercado de alimentos e bebidas do País.
O objetivo é reduzir os açúcares em 5 grupos de alimentos, subdivididos em 23 categorias: bebidas adoçadas, biscoitos, bolos prontos e misturas para bolo, achocolatados em pó e produtos lácteos. A iniciativa é voluntária e prevê retirar, de forma gradual, 144,6 mil toneladas até 2022.

“Estamos entusiasmados em assinar o segundo acordo com o Ministério da Saúde. No primeiro, a empresa se comprometeu a diminuir a quantidade de sódio de seus produtos até 2020, meta que será batida ainda este ano. Esta é uma forma de fomentar a produção de alimentos cada vez mais saudáveis no mercado brasileiro. A Bimbo adota diversas iniciativas globais para oferecer as melhores opções aos consumidores”, comenta Mario Escotero, diretor de Assuntos Corporativos da Bimbo Brasil.

Como esforço constante da empresa para se adiantar às tendências globais de saudabilidade e atender às expectativas e demandas dos consumidores, que buscam uma alimentação mais saudável e equilibrada, a empresa tem investido constantemente em inovações. A principal frente é com a marca Nutrella, que lançou recentemente a linha Nutrella Viva: pães sem conservantes, sem aditivos químicos, feitos com farinhas de grãos germinados, ou seja, o grão em seu estado mais nutritivo.

Além disso, todos os produtos integrais da Bimbo, para ter esta nomenclatura, precisam ter duas premissas: farinha integral como primeiro ingrediente e ser fonte de fibras. Os produtos integrais da empresa são feitos com uma quantidade bem maior de farinha integral do que a média de mercado – no mínimo 51% – e, mesmo assim, eles mantêm os atributos de sabor desejados pelo consumidor brasileiro.

Em setembro, a Bimbo também lançou a linha integral do snack Crocantíssimo. São três sabores: Azeite & Toque de Pimenta Preta, Cebola & Salsa e Sour Cream. Fonte de fibras, o snack é assado e não têm conservantes nem gordura trans. Até o pão Artesano da marca Pullman e PluVita – um sucesso de vendas – também ganhou recentemente uma versão integral.

“A Bimbo também tem trabalhado para diminuir os ingredientes percebidos como negativos pelo consumidor. Desde de 2016, não usa mais ADA (Azodicarbonamida). Desde 2009, todos os produtos do grupo são 0 Trans e há um ano já não usa mais corantes artificiais. Além disso, a empresa tem aumentado a quantidade de ingredientes positivos nos produtos, como: fibras, frutas, leite e vegetais”, finaliza Bruna Tedesco, head de Marketing da Bimbo Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here