Caixa anuncia redução nas taxas do crédito imobiliário para empresas

Foto: Reprodução

Nesta última quarta-feira (12), a Caixa divulgou uma série de medidas para fomentar o setor da construção civil. Além de reduzir as taxas de juros de operações indexadas à taxa referencial (TR), o banco lançou os indexadores Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e Certificado de Depósito Interbancário (CDI) para os produtos Apoio à Produção e Plano Empresa da Construção Civil. As novas condições entram em vigor nesta segunda-feira (17).

A novidade é explicada pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães. “O que estamos trazendo é uma inovação para o mercado de crédito imobiliário, além de redução histórica das taxas de juros para as empresas. Os novos indexadores possibilitam ao cliente da construção civil mais acesso ao crédito voltado para a produção imobiliária. As consequências dessas medidas serão a retomada dos lançamentos de empreendimentos, a geração de emprego, renda e acesso à moradia”, destaca.

Para todas as modalidades, as taxas de juros serão definidas de acordo com o perfil e relacionamento da empresa, conforme a tabela abaixo:

Mais conhecida como “Imóvel na Planta”, a modalidade Apoio à Produção permite o financiamento do custo total da obra, além de possibilitar aos clientes pessoa física o financiamento para aquisição de sua unidade, desde do início da construção do empreendimento.

Já a modalidade Plano Empresa da Construção Civil, conhecida como “Plano Empresário”, é destinada às empresas para a produção de imóveis. Na Caixa, essa modalidade permite o financiamento para clientes pessoa física, a partir da execução de 80% do empreendimento.

A decisão quanto à linha de crédito será da empresa, que conta agora com mais opções. As regras e parâmetros vigentes para contratação de operações imobiliárias atualizadas pela TR permanecem as mesmas para as novas modalidades, tendo como diferencial a atualização e/ou taxa de juros.

Já as taxas de atualização pela TR anteriores às novas medidas eram de TR + 9,25% ao ano (a.a.) e passam a ser de TR + 6,5% a.a., representando uma redução de cerca de 30%.

IPCA e CDI
A nova linha de crédito imobiliário PJ com atualização do saldo devedor pelo IPCA é mais uma inovação que a Caixa traz para o setor. O financiamento nesta modalidade possui taxas de juros mais atrativas, com diferencial de correção pelo índice nacional de inflação.

A outra grande novidade é a possibilidade de taxa de juros flutuantes indexadas à taxa média do CDI, que poderá ser constituída de percentual de CDI ou de CDI + Cupom, com taxas mínimas que podem chegar a 119% do CDI ou CDI + 1,48% a.a..

Canais de Atendimento
Além das agências da Caixa, os clientes PJ poderão obter mais informações sobre as linhas de crédito aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here