Com aumento do e-commerce, terrenos logísticos são opções de investimentos

O especialista do mercado imobiliário, Renato Monteiro, afirma que imóveis de locação para o setor de logística têm grandes chances de valorização e rentabilidade | Foto: Pedro Amorese

O mercado de comércio online cresceu 40,7% entre 2019 e 2020, chegando a 1,3 milhão de lojas virtuais, segundo levantamento feito pela empresa de carteiras digitais PayPal Brasil e pela consultoria de pesquisas BigData Corp, os dados foram divulgados em 26 de agosto. Com o isolamento social devido a pandemia da Covid-19  houve uma expansão dos e-commerces. Com isso, a tendência é que aumente a demanda por centros de distribuições estrategicamente bem localizados, para estocar os produtos e agilizar as entregas.

Analisando este cenário, o especialista do mercado imobiliário e diretor da Sort Investimentos, Renato Monteiro, avalia que a compra de terrenos destinados à locação, voltados para o setor de logística, se tornaram investimentos ainda mais atrativos para quem pensa em diversificar a carteira. O retorno com aluguel de terrenos específicos para este setor foi o que menos sofreu em relação aos aluguéis imobiliários em consequência da pandemia e, mesmo no atual momento de crise, superam a taxa de 90% de ocupação.

“Com o aumento expressivo do e-commerce e a consequente concorrência de mercado haverá cada vez mais a necessidade de migração de instalações antigas para imóveis logísticos modernos, para dar mais eficiência e economia de tempo para o processo. Isso propiciará um forte aumento de demanda para galpões de construções novas e, além disso, a aquisição de terrenos neste setor tem indicativos certos de valorização e, consequentemente, lucratividade”, analisa Monteiro.

É por esse motivo que, para o investidor, comprar para alugar terrenos é mais vantajoso do que adquirir galpões prontos para locação. De acordo com o especialista, quanto mais evolui o setor de vendas online, mais tecnologia é necessária nos centros de distribuições e mais as empresas precisam de instalações modernas. Um galpão com mais de mil metros quadrados, por exemplo, é construído atualmente com pré-moldados em até 90 dias.
Com isso, terrenos com bom eixo logístico, como os localizados às margens de rodovias estratégicas como a BR-101, tendem a ter um dos mais altos índices de valorização do setor imobiliário nos próximos 15 anos, como prevê o especialista.

“O que determina o crescimento das empresas do varejo é a velocidade de entrega. Um exemplo é a Amazon, que é grande não porque tem mais produtos, mas porque entrega mais rápido. Essa transformação da loja física para a virtual já vinha acontecendo ao longo dos anos e, com a pandemia e o isolamento social, esse processo de transformação apenas acelerou. O setor logístico veio para ficar e deve crescer ainda mais, pois as demandas só aumentam”, explica Monteiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here