E-commerce: quatro mil empreendedores adotam a solução do AliExpress e da Nuvemshop para criar loja online

Modelo conhecido como dropshipping conecta a loja virtual do empreendedor brasileiro diretamente ao maior marketplace de vendas internacionais do mundo

O momento econômico desafiador, agravado pela pandemia, fez milhares de brasileiros recorrerem ao empreendedorismo para contornar a baixa no mercado de trabalho. Com o objetivo de apoiar esses empreendedores e gerar uma fonte de renda para suas famílias, o AliExpress, maior marketplace de vendas internacionais do mundo, e a Nuvemshop, plataforma de e-commerce líder na América Latina, se uniram e lançaram há um mês um modelo de negócio virtual onde o lojista não precisa investir em estoque para começar a vender online (dropshipping).

Nesse curto espaço de tempo em que a solução foi ao ar, quatro mil empreendedores já criaram a sua loja online. “Tínhamos a expectativa de atingir esse volume após 60 dias do lançamento, mas fomos surpreendidos com a alta adesão dos lojistas ao modelo dropshipping”, afirma Luiz Natal, head de Platform Development da Nuvemshop.

Com o App Dropi, solução desenvolvida pela empresa Empreender e que conecta as tecnologias do AliExpress e da Nuvemshop, os novos empreendedores digitais podem usar toda a infraestrutura de pagamentos, vitrine e carrinho de vendas da Nuvemshop ao mesmo tempo em que acessam fabricantes e distribuidores de produtos disponíveis no ecossistema do grupo Alibaba, empresa que controla o AliExpress.

Apoiar pequenos e médios empreendedores, que é o grande foco da Nuvemshop hoje no Brasil e na América Latina, também faz parte do propósito do grupo Alibaba. “Nossa missão é beneficiar mais de dez milhões de PMEs no mundo até 2036 e permitir a criação de 100 milhões de postos de trabalho apoiados em nossa tecnologia”, afirma Yan Di, country manager do AliExpress no Brasil.

“Com o dropshipping, o empreendedor começa a vender mais rápido do que nos modelos convencionais de loja online”, revela Natal. Segundo o executivo, quando se comparam os números de lojas criadas no modelo de importação sem estoques (dropshipping) com o desempenho de novas lojas online tradicionais, o número de e-commerces que já começa a faturar em seu primeiro mês de vida é 4 vezes maior.

Empreendedor cria a sua loja sem investir em estoque

A solução permite a qualquer lojista construir o seu negócio online em poucos cliques e selecionar produtos do mundo inteiro para vender aos consumidores brasileiros. Para isso, o primeiro passo é o empreendedor criar uma loja virtual na Nuvemshop. Lá, ele conseguirá interligar diversos aplicativos do ecossistema já disponíveis na plataforma, como meios de pagamento e o App Dropi. Após integrar esse último, o vendedor escolhe o produto no AliExpress e o importa para o seu site. Quando esse item é vendido, automaticamente o sistema aciona o fornecedor e este faz o envio direto ao consumidor final. Em nenhum momento, o consumidor final vê a marca AliExpress, o que protege os interesses dos varejistas online brasileiros.

A principal vantagem desse negócio para o lojista é que ele irá conseguir gerar receita com operações de e-commerce sem precisar se descapitalizar para investir em estoque, o que é essencial, sobretudo, para empresas iniciantes. Além disso, o lojista conta com benefícios relevantes, onde só passará a ter custos com a Nuvemshop, após o primeiro mês grátis, e também com o Dropi, após os 30 primeiros pedidos.

Vantagens para o consumidor

Para o consumidor, também há diversos benefícios, como acesso a maior variedade de itens e, consequentemente, mais competitividade nos preços. Além disso, essa modalidade permite que os consumidores comprem produtos internacionais e recebam em cerca de 10 dias, prazo que só é possível devido aos quatro voos fretados semanais operados pelo grupo Alibaba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here