Investimento em projetos sustentáveis cresce em 2015

0
49
Os financiamentos concedidos pela Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista para investimento em projetos sustentáveis de pequenas e médias empresas (PME’s) e prefeituras paulistas em 2015 foram 7% maior que o montante desembolsado em 2014. A Linha Economia Verde financia projetos sustentáveis ligados à melhoria da eficiência energética e hídrica e à redução das emissões de gases causadores do efeito estufa. Foram R$ 36 milhões financiados em 2015.
“As empresas têm investido fortemente na implementação de atividades sustentáveis em seus negócios, além de ser ambientalmente corretas e agregarem valor às suas marcas, elas também têm ganhos como redução nas contas de água e luz, mais eficiência na produção e redução na emissão de poluentes, além de contar com taxas de financiamento mais competitivas. Há uma série de vantagens em pensar o crescimento de forma sustentável”, afirma Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Desenvolve SP.
Financiamentos para linha Economia Verde representaram 10% do total desembolsado pela instituição | Arte: reprodução
Desde 2009, já são quase R$ 140 milhões investidos em projetos sustentáveis. A linha de financiamento voltada para o setor privado tem taxa a partir de 0,53% ao mês (+ atualização do IPCA) e prazo de até 10 anos de pagamento, com até 2 anos de carência. Enquanto a linha destinada ao setor público possui taxa de 0,60% ao mês (+ atualização do IPCA) e prazo de até 72 meses, com até 12 meses de carência.
 Foco na inovação
Além dos projetos sustentáveis, outro destaque para Desenvolve SP em 2015 foi a ampliação de ações para fomentar o investimento em inovação, aumentando sua atuação no setor. Entre as ações, a agência lançou no segundo semestre de 2015 o Movimento pela Inovação, iniciativa que oferece atendimento especializado para empreendedores e pesquisadores com objetivo de encurtar a distância entre a produção de inovação e o mercado. Foram seis eventos em diversos parques tecnológicos do Estado, atraindo mais de 350 pesquisadores e empresários inovadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here