“Pitch Gov” une Prefeitura de Santo André e startups

0
465
Prefeito Paulo Serra no lançamento do Pitch Gov, ferramenta que promoverá uma parceria entre o poder público e startups, com o objetivo de solucionar os desafios da gestão pública | Foto: Angelo Baima/PSA

Nesta última segunda-feira (1º), a Prefeitura de Santo André lançou na Sabina – Parque Escola do Conhecimento, o Pitch Gov, ferramenta que promoverá uma parceria entre o poder público e startups, com o objetivo de solucionar os desafios da gestão pública.

A novidade funcionará da seguinte maneira, a Prefeitura apresentará as demandas e as startups vão se inscrever para obter as devidas soluções. A partir daí, as partes assinam um termo de cooperação com plano de trabalho e testes. Assim, a Prefeitura experimenta e avalia as resoluções. São 11 áreas temáticas, passando por saúde, esporte, cultura, segurança, entre outros.

O decreto que cria o projeto será publicado nesta terça-feira (2). O edital de chamamento para participação das startups será lançado em 28 de agosto e o período de inscrições será de um mês. No fim de outubro, serão anunciados os oito finalistas e no dia 13 de novembro acontece o evento Pitch Gov, apresentando os vencedores que colaborarão com a Prefeitura e com a cidade de forma geral.

“Assinamos este decreto inovador. Somos a primeira cidade do País que assina este projeto do Pitch Gov. Já temos algumas startups oferecendo ajuda e agora estamos institucionalizando este trabalho para que possa crescer ainda mais. Temos muitas demandas e agora em parceria, sem custos para a gestão, teremos a ajuda das startups para fazermos uma administração ainda mais eficiente”, afirma o prefeito Paulo Serra.

Demo Day
Além disso, ontem (1º), aconteceu na Sabina o Demo Day Startup SP, evento em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) de São Paulo. A entidade reuniu empreendedores, investidores e interessados no ecossistema empreendedor para este momento, em que as startups participantes do programa apresentam os negócios para o mercado, parceiros e investidores. O projeto reuniu 11 startups do ABC, sendo que 50% já faturam, ou seja, geram valor e empregos nas cidades.

Os participantes foram recepcionados com uma solução inteligente da Receptiva, empresa de Santo André que participou da edição 2017 do Startup SP e puderam conhecer os produtores desta transformação da região através das iniciativas realizadas, como autoridades, instituições, universidades, investidores e os empresários de tecnologia.

Na ocasião, os visitantes aproveitaram toda a gama de atrações da Sabina, como o laboratório astronômico, que possui um simulador de pouso em marte, e o Planetário. Outra atividade foi a apresentação dos resultados do primeiro ano da comunidade ABC Valley, criada para emergir no mundo da tecnologia em busca de soluções inovadoras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here