Tecnocomp vence licitação e melhora gestão em São Bernardo

0
262
Cidade ganhou 400 quilômetros de Fibra Óptica | Foto: Arquivo

A Prefeitura de São Bernardo do Campo decidiu investir em infraestrutura tecnológica para aplicar melhores práticas na gestão pública. A administração colocou na praça uma licitação em que a Tecnocomp, empresa de infraestrutura e Data Center, com sede no próprio munícipio, sagrou-se vencedora.

Foram investidos R$ 2,1 milhões pelo poder público em cabos, Data Centers e integração inteligente de sistemas que confere integridade, disponibilidade e confidencialidade das informações armazenadas na base de dados da Prefeitura. As melhorias propiciaram ganhos em eficácia do trabalho dos servidores e entregam aos munícipes maior agilidade na utilização de serviços públicos, como a abertura de fichas e requerimento de exames nas unidades de saúde, por exemplo.

Para se ter uma ideia, com o sistema que a administração pública utilizava, se houvesse uma falha de informação interna, diversos usuários poderiam ser afetados, levando lentidão ao acesso de dados e criando morosidade nos processos, fossem eles internos ou externos. A infraestrutura é melhor neste aspecto, com isso, se há uma falha no acesso, existe um outro caminho virtual para acessar o arquivo, fazendo com que usuários não tenham impacto em seus trabalhos.

Para José Roberto Rocco, Diretor de Tecnologia da Informação do município, a terceirização de equipe especializada foi a decisão coerente a ser tomada em virtude do avanço no uso de TI pela administração pública, passando a contar com equipe especializada no segmento de suporte técnico e administração de ambiente tecnológico complexo.

“A equipe de tecnologia da Prefeitura é reduzida, então, antes da gestão da Tecnocomp, não era possível efetivar em nossa rotina as melhores práticas de TI ao suporte técnico e administração do ambiente tecnológico, principalmente no que envolve a segurança das informações. Agora, diariamente temos implantado no dia a dia melhorias de acordo com o ISO 27.002, propiciando aos usuários um atendimento de qualidade e ótimos índices de SLA (Service Level Agreement) de acordo com as prioridades requeridas”, comenta Rocco.

A estrutura encontrada pela equipe da Tecnocomp ao iniciar o trabalho de modernização de infraestrutura contava, entre outros itens, com 50 servidores físicos e 200 links de MPLS (Multi-Protocol Label Switching) – que é uma tecnologia de encaminhamento de informações. Agora, o município possui mais de 260 servidores, sendo 80% virtuais, e substituiu os MPLS por uma Infovia composta por 400 quilômetros de Fibra Óptica, interligando as informações às Secretarias e serviços municipais com rapidez e qualidade, sem falhas na comunicação.

“Para exemplificar a realidade tecnológica que encontramos no início do projeto, um dos servidores de e-mail era um desktop adaptado, com no máximo 10 Mega de memória, que foi substituído por um servidor de mais de 100 Tera, muito mais potente do que o anterior. Apenas citando essa mudança, já é possível entender o tamanho da reestruturação que estamos realizando. É muito mais infraestrutura para o uso dos sistemas da Prefeitura e de serviços que dependam dela”, destaca Jhonatas Rocha, CIO da Tecnocomp.

Rocco ainda destaca que entre as melhorias para a Prefeitura estão a divisão de tarefas por especialização, no qual passaram a contar com profissionais dedicados, especializados e certificados. “Contamos agora com um time responsável pelos mais diversos sistemas de missão crítica como Folha, Controle de Processos, Educação, Saúde, servidores de e-mail, serviços de acesso e distribuição de internet, segurança da informação e compartilhamento de arquivos, entre outros”, comenta.

A Prefeitura hoje conta com toda infraestrutura compatível a grandes empresas, oferecendo agilidade e qualidade nas informações e processos, sem intermitência de dados e principalmente em um ambiente seguro. “Manter um quadro de funcionários com certificações e conhecimento de tecnologia de ponta não é uma missão fácil, principalmente para as Prefeituras. Contar com o apoio especializado é essencial para que os técnicos internos da gestão pública possam focar no atendimento ao negócio, deixando os serviços de suporte técnico e administração do ambiente tecnológico para quem é especializado nesse segmento. Sem contar que, colocando na ‘ponta do lápis’ a terceirização desse setor compensa ao município”, enfatiza Rocco.

A infraestrutura utilizada ainda permite flexibilidade e expansão às necessidades tecnológicas da Prefeitura, também fornecendo suporte para contratação de novas tecnologias que promovam melhorias. Todo o trabalho também reduziu o consumo de energia, a refrigeração dos Data Centers, o tempo para recuperação de desastres, operação da infraestrutura e o espaço físico utilizado.

“A falta de integridade anterior fazia com que falhas, que hoje são resolvidas em questão de minutos, levassem dias para serem diagnosticadas. Isso tudo gera alto custo e alta insatisfação de usuários dos serviços. Apesar do nosso serviço não ter foco no munícipe, ele é o maior beneficiado. A partir do momento que a administração pública funciona como uma grande empresa e possui estrutura para prestar atendimento de forma ágil e segura, o cidadão é o maior beneficiado. Entregamos uma comunicação rápida e eficaz entre as informações dos serviços do município, que melhorou a qualidade e ainda reduziu custos”, finaliza o CIO da Tecnocomp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here