Candidatos às vagas de trabalho precisam se atualizar

Frente às mudanças provocadas no mercado nos tempos modernos, da velocidade intensa das informações com a internet e da necessidade de agilidade, os candidatos a uma vaga de trabalho precisam estar preparados para obter mais chances de recolocação ou de conseguir uma nova oportunidade. Essa atualização foi o mote da consultoria realizada na manhã desta quarta-feira (27) na Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo (Acisbec) e destinada a pessoas desempregadas.

Promovida por profissionais especializados, o objetivo da iniciativa foi esclarecer sobre o processo de mudança, a produção de um bom currículo e dicas sobre a etapa seletiva e de entrevista. Ação foi promovida em parceria com a ACISBEC, o Grubase, grupo de gestão de RH e o BNI Exponencial, organização de networking de negócios.

De acordo com o vice-presidente da ACISBEC, Valter Moura Júnior, essa parceria ajuda quem está desempregado e também agiliza o processo para as empresas buscarem o perfil ideal para as necessidades.

“Nos associamos para promover esse evento social e ajudar os candidatos nessa nova etapa, de mudanças, de novidades e de dúvidas. Com essa união dos grupos formamos um pilar e mostramos a força do grupo com a participação de consultores, psicólogos e especialistas na área”, explica Vanusa Costa, psicóloga e integrante do Grubase.

Durante o evento, os participantes aprenderam que um currículo deve ter no máximo duas páginas, que não existe mais currículo vitae, o que pode ser evitado e o que é importante. Entre as dicas, as consultoras relacionaram os seguintes aspectos: evitar fotos, figuras, textos informais, excesso de palavras estrangeiras. É importante constar nome, endereço (somente de e-mail), linkedin, área de atuação, idiomas, certificações, cursos, data de saída, nome, permanência, cargo e ingresso das empresas, além das qualificações.

“Você pode ter certeza de quem está a sua frente para fazer a seleção quer muito resolver o preenchimento da vaga. Ele está ali para encontrar o perfil ideal e quanto mais você estiver preparado, melhor! O currículo é como um instrumento, uma peça de campanha de marketing. É como se você estivesse se vendendo para o mercado”, afirmou Ana Copola, psicóloga também do Grubase.

Para Priscila Fais, consultora em Recursos Humanos e integrante do BNI, há uma necessidade urgente de atualização de pessoas para o mercado. “Hoje há um despreparo total, desde a elaboração de um currículo até participação em cursos. É preciso mostrar a importância de estar capacitado e se preparar para o que o mercado está buscando”, acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here