Em um ano, gasolina fica 40,74% mais cara na capital paulista

Combustível varia até 23,58% entre diferentes regiões de São Paulo, com valor máximo que chega a R$ 6,659

A sequência de altas no preço da gasolina segue causando impactos nas bombas de todo o país. Nos bairros de São Paulo, o valor médio no mês de setembro ficou em R$ 5,903 pelo litro do combustível, um aumento de 40,74% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o preço do litro custava R$ 4,194. É o que aponta o levantamento de preços da ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas e meios de pagamento, com base em transações realizadas em postos de 1º a 30 de setembro. Em diferentes regiões da capital paulista, a diferença dos valores cobrados chegou até 23,58%, com preços entre R$ 5,388 e R$ 6,659.

Os bairros com a gasolina mais cara no mês passado foram Campo Belo (R$ 6,659), Jardim América (R$ 6,598) e Alto de Pinheiros (R$ 6,558). Já as médias mais baixas foram registradas em postos dos bairros Socorro (R$ 5,388), Colônia (R$ 5,508) e Jaçanã (R$ 5,526). Ainda segundo o levantamento, São Paulo teve a menor média entre os estados do Sudeste (R$ 5,859). Já o Rio de Janeiro foi o estado com a gasolina mais cara (R$ 6,695) na região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here