ACAM Portinari abre edital para exposições itinerantes

Exposição itinerante Ser Naïf foi uma das contempladas no Edital da ACAM Portinari e SISEM-SP para o ano de 2019 | Foto: Divulgação

Produtores culturais têm até o 03 de fevereiro para inscrever propostas de exposições itinerantes no edital da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), em parceria com o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

As propostas selecionadas percorrerão diversas localidades do interior paulista, democratizando a arte, além de valorizar e divulgar o trabalho do artista. Além disso, essa ação diversifica, qualifica e amplia o repertório cultural das instituições museológicas que receberão as exposições. Os interessados devem fazer sua inscrição aqui.

Podem participar pessoas jurídicas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, atuantes na área de museus, atendidas as condições relativas à habilitação jurídica, qualificação técnica, qualificação econômico-financeiras, regularidade fiscal e trabalhista.
As itinerâncias podem contemplar uma das seguintes macrorregiões do estado: Oeste Paulista (RA Bauru, Presidente Prudente, Marília), Noroeste Paulista (RA Araçatuba, Barretos, São José do Rio Preto), Nordeste Paulista (RA Franca, Ribeirão Preto, Central), RM Campinas, Vale do Paraíba e Litoral (RA São José dos Campos, Baixada Santista e Metropolitana de São Paulo e Sudoeste Paulista (RA Registro, Sorocaba, Itapeva). Cada uma das mostras deve percorrer no mínimo dois municípios.

Já as temáticas podem variar entre acessibilidade, artes, ciências e tecnologia, cultura LGBT, culturas indígenas, cultura quilombola, culturas tradicionais, direitos humanos e história local ou regional são temáticas de interesse prioritário.

Os projetos inscritos e selecionados serão considerados para o biênio de 2020-2021 e devem ter propostas orçamentárias com custos de R$ 15 mil a R$ 40 mil por projeto. Neste valor devem estar inseridos os custos de embalagem, acondicionamento, montagem, deslocamento e seguro (caso seja necessário).

As propostas serão avaliadas pela Comissão de Habilitação, que verificará se o proponente cumpre as obrigações do edital; e também pela Comissão de Avaliação, composta pelo Grupo Técnico de Coordenação (GTC) do SISEM-SP, ACAM Portinari e pela Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Segundo o diretor do GTC SISEM-SP, Davidson Kaseker: “Uma das atribuições do SISEM-SP é oferecer apoio técnico e de conteúdo aos museus em todo território estadual, em especial os de pequeno e médio porte. Com as exposições itinerantes, cumprimos esse objetivo que, ao lado de outras medidas, como o Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP), qualificam os museus paulistas”, afirma. Confira o edital completo aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here