60% dos bares a restaurantes que usam tecnologia criada por foodtech estão regiões mais distantes do centro e da capital

Foto: Divulgação

Quem tem um pequeno negócio no setor de Alimentação Fora do Lar (AFL) sabe que não é fácil manter a rotina de abastecimento de insumos. De acordo com a última pesquisa do Panorama das Micro e Pequenas Empresas no Brasil, realizada em 2018, o mercado de restaurantes movimenta mais de 30% do perfil dos comércios no Brasil. Ainda segundo o levantamento, estima-se que existam em torno de 1 milhão de negócios, considerando bares, restaurantes, pizzarias e lanchonetes. Desses, aproximadamente 650 mil ainda são informais e cerca de 93,4% são micro e pequenos negócios.

A maioria desses negócios possuem o quadro de funcionários pequeno ou até mesmo com membros da própria família. Com objetivo de agilizar o tempo desses comerciantes, a Menu – foodtech que conecta pequenos comerciantes a grandes distribuidores – tem ajudado donos de bares, pizzarias e restaurantes em regiões mais distantes do centro e da capital a abastecerem seus estabelecimentos por meio de uma plataforma online.

Segundo Leonardo Almeida, CEO da Menu, os comerciantes e varejistas ganham tempo com a comodidade nas entregas. “Num período de pandemia, a compra por alimentos pela internet aumentou. Para quem mora mais distante do centro, na Grande São Paulo ou na periferia, a compra de insumos a qualquer hora do dia com entrega em até 24 horas facilita o funcionamento desse negócio. O empreendedor não precisa mais sair do seu estabelecimento para reabastecer os estoques”, comenta.

Venda de alimentos pela internet

Segundo um estudo divulgado pela empresa de tecnologia Criteo, houve um o crescimento de 233% na compra de alimentos pela internet em todo o País, comparando as vendas na segunda semana de abril e na primeira. “A falta de logística e ausência do mundo digital está deixando de ser realidade nas regiões mais distantes. É possível oferecer uma solução completa de tecnologia aliada à experiência para os pequenos sem obstáculos. Cerca de 60% dos nossos clientes estão localizados na periferia, a plataforma surgiu para agilizar a vida desses comerciantes e de seu negócio”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here