Auvo Tecnologia recebe aporte de R$ 2,5 milhões do Fundo Criatec2

0
73
Montante será direcionado às áreas de desenvolvimento, marketing, atendimento ao cliente, infraestrutura e capacitação da equipe | Foto: Divulgação

A Auvo Tecnologia, startup com foco na gestão e produtividade de equipes externas, captou R$ 2,5 milhões em um aporte do Fundo Criatec2, administrado pela Bozano Investimentos e Triaxis Capital, tendo como co-investidor o Verus Group. Com o montante, a empresa pretende investir no aperfeiçoamento da plataforma digital e acompanhar o seu crescimento acelerado no curto prazo, bem como impulsionar as áreas de desenvolvimento, marketing, atendimento ao cliente e capacitação de equipe.

A startup foi criada em 2015 com a junção da expertise de três sócios que já atuavam na área de tecnologia. Inicialmente, a empresa tinha como objetivo central melhorar a produtividade da equipe de campo. Porém, com as soluções apresentadas, conseguiu não só aperfeiçoar essa questão para os clientes, como também facilitou o trabalho do gestor ao oferecer um amplo monitoramento das atividades dos profissionais externos, com a elaboração de relatórios personalizados que auxiliaram em um aumento considerável da produtividade.

“O aporte será utilizado em diversos setores da empresa, principalmente, na melhora contínua da nossa plataforma, que contabiliza, centenas de clientes ativos e milhares de usuários. O investimento possibilitará uma maior agilidade às operações, incluindo o fornecimento rápido de informações como produtividade, custo e tempo dispensado na realização das tarefas. Além disso, utilizaremos o montante para sustentar o rápido crescimento da empresa no curto prazo. Nossa expectativa é encerrar 2018 com um faturamento de R$ 2 milhões”, explica o CEO da Auvo, Gabriel Rodrigues de Moraes.

O Fundo Criatec2 investe em startups de tecnologia em todo território nacional. Em quase 5 anos de operação, já foram prospectadas mais de cinco mil empresas. Apenas 36 receberão investimentos e a Auvo é uma delas. “A Auvo se destacou pela combinação de fatores fundamentais como o desenvolvimento de uma solução robusta, atacando um problema real e focada em um mercado em expansão. O time de empreendedores altamente qualificado e dedicado ao negócio, aliado à geração de receita crescente e recorrente em um modelo de negócio de software as a service (SaaS) foram pilares que deram sustentação para a realização do aporte”, ressalta Fernando Wagner da Silva, head do Fundo Criatec2 e head de Venture Capital da Bozano Investimentos.

Plataforma

O software da Auvo oferece maior agilidade às operações, incluindo o fornecimento rápido de informações como o número de técnicos em atividades de campo, entre eles, quais são os mais assertivos. A plataforma detalha a produtividade, custo e tempo das tarefas, onde o colaborador consegue gerar uma ordem de serviço digital na qual é possível anexar fotos e adicionar a assinatura do cliente, o que interfere diretamente na agilidade da operação e no aumento do desempenho das equipes, que pode ter uma melhora na produtividade em torno de 50%.

O ganho é creditado a dois fatores principais: otimização da rota e elaboração de relatórios. No primeiro caso, a melhoria permite que um colaborador realize mais tarefas por dia ao evitar o desvio de trajeto, congestionamentos e voltas desnecessárias na cidade. No segundo item, o sistema garante mais rapidez no preenchimento da documentação, uma vez que tudo pode ser feito no próprio dispositivo móvel, onde o software é instalado, e exportado posteriormente em arquivos Excel ou PDF. “O serviço é armazenado na nuvem, com dados criptografados para garantir a segurança das informações”, comenta Moraes.

O Auvo também fornece uma interface (API) de integração com vários ERP´s e CRM´s do mercado, o que auxilia inúmeros clientes, entre eles, Beach Park, Danone, Kibon, Unimed, Estácio, F5 Promotora e Virtex. “Agora, o nosso maior desafio é triplicar a empresa no que diz respeito a clientes, faturamento e colaboradores, mas sem perder o controle dos processos”, finaliza o CEO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here