Cesar e Sebrae lançam plataforma para geração de startups

Criar uma startup no Brasil não é trabalho fácil. Segundo a Fundação Dom Cabral, as empresas nascentes no nosso país têm entre suas causas de mortalidade quatro pontos específicos: falta de demanda do mercado, dificuldade em montar um bom time, escassez de capital e ausência de estratégia de negócios. Tendo isso em mente o Cesar, em parceria com o Sebrae, lançou a Plataforma Integrada de Geração de Startups (PIGS).

A iniciativa, que nesta rodada inicial será focada na construção civil, funcionará em etapas. A primeira é o levantamento das oportunidades de inovação da área em conjunto com empresas do setor. Ela será seguida de observações presenciais junto a algumas construtoras, o que fornecerá subsídios para a estruturação de briefings de inovação que serão utilizados na próxima fase – a de exploração. A esta altura serão realizados hackathons, summer jobs e desafios para desenvolver ainda mais as ideias, que serão pré-aceleradas no CESAR.Labs. Ao fim de todo este processo, cinco startups serão criadas e aceleradas com investimento do Cesar, Sebrae e investidores privados.

Nesta etapa final do programa, as startups contarão com acompanhamento estruturado, em mentorias, capital, consultorias especializadas e conexões, conforme comenta o Executivo Chefe de Empreendedorismo do Cesar, Filipe Pessoa. “Os times terão um período de até nove meses para chegar a um MVP (Produto Mínimo Viável) que gere demanda por parte dos clientes potenciais, cujas oportunidades de inovação foram identificadas e exploradas nas fases anteriores da plataforma”.

O programa também vai qualificar 80 potenciais empresários em métodos e processos de identificação e exploração de oportunidades de inovação, bem como em prototipação e validação de MVPs, além da criação de um documento metodológico contemplando as etapas de realização do projeto contendo exemplos ilustrativos da aplicação da metodologia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here