Fiado digital: app permite que pequenos negócios façam controle pelo celular

Aplicativo da Kyte busca atender às principais necessidades dos pequenos comerciantes e ajudá-los na digitalização dos seus negócios.

Apesar de ser visto com maus olhos por muitos, o fiado continua representando um fator significativo para a fidelização dos clientes de pequenos comércios. Com a crise causada pela Covid-19, ele se transformou em um diferencial ainda maior para esses negócios, sendo importante tanto para quem vende quanto para quem compra. A diferença é que, agora, essa prática já pode ser controlada diretamente pelo celular dos vendedores.

“Muitas pessoas não estão mais acostumadas ao fiado, mas ele ainda é uma realidade fortemente presente em pequenos comércios, como os mercados de bairro, por exemplo. Como esse é exatamente o público da Kyte, resolvemos inserir essa possibilidade como um recurso no nosso aplicativo e hoje vemos que 56% dos nossos clientes pagantes já usam o sistema”, explica Guilherme Hernandez, o CEO da Kyte.

A startup oferece uma plataforma de vendas e gestão para digitalização de pequenos comércios de forma simples, pelo celular. Assim, a tradicional “caderneta” é substituída pelo smartphone, que possibilita um gerenciamento do fiado de forma moderna e com mais funcionalidades. Só nos últimos 30 dias, foram realizadas 81 mil vendas no fiado pelo aplicativo da Kyte.

“No app, o vendedor lança as vendas no fiado, sejam elas feitas presencialmente, por Whatsapp ou pela própria lojinha virtual que ele tem no app. A partir disso, ele pode emitir comprovantes com indicadores de quanto ficou faltando e ir acompanhando a conta do cliente, vendo sempre que ele fizer pagamentos parciais ou totais”, comenta Hernandez.

O app ainda permite que sejam enviados extratos de contas e lembretes de pendências nos pagamentos dos clientes por Whatsapp ou e-mail.

Crédito em conta é outra opção para fidelizar clientes

Além do fiado, que é considerado uma gestão de débitos, o aplicativo da Kyte também conta com o controle de créditos. Nessa opção, o cliente faz o pagamento de um valor total à loja e vai utilizando em compras ao longo do tempo, como um saldo pré-pago.

Durante a pandemia, a prática foi fundamental para que diversos pequenos negócios conseguissem levantar caixa para permanecerem abertos.

“O que notamos é que esse tipo de serviço, de controle de débito e crédito dos clientes, é muito importante para os pequenos comerciantes, que atendem a um maior número de desbancarizados e sub-bancarizados”, reforça o CEO da Kyte. “É uma forma de trazer para o digital recursos que atendem às características dos seus negócios, garantindo uma modernização, mas mantendo a sua essência”, completa.

Atualmente, o app da Kyte tem 40 mil usuários em 143 países que registram um volume médio de 2,7 milhões de vendas por mês. Ele está disponível nas lojas de app dos sistemas operacionais iOS e Android e funciona com uma versão gratuita e outra PRO com mais funcionalidades, como o fiado. No Brasil, a versão paga custa R$ 19,90.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here