Inscrições abertas para o Desafio The Digital Cement Open Innovation

Da redação
A Votorantim Cimentos recebe inscrições até 24 de agosto para o Desafio The Digital Cement Open Innovation. O programa reunirá projetos na área da construção, com foco na indústria 4.0. Com isso, a empresa busca criar um ecossistema de inovação que tenha o engajamento de startups, universidades, centros de pesquisa, fundos de investimentos e empregados. 
O programa é realizado em parceria com o movimento 100 Open Startups, plataforma internacional que conecta startups a grandes empresas e fundos de investimento, na qual a Votorantim Cimentos é uma das patrocinadoras. 
Composto por sete desafios, o programa terá profissionais com conhecimentos técnicos e em gestão específicos, que vão apoiar e oferecer mentoria em todo o processo, ou seja, será possível interagir, validar o produto/serviço ou mesmo cocriar e codesenvolver a solução mais aderente às necessidades do mercado.
Segundo o relatório do Boston Consulting Group (BCG), a Indústria 4.0 já conta com nove principais tecnologias (robôs automatizados, manufatura aditiva, simulação, integração horizontal, internet das coisas industrial, big data e analytics, nuvem, segurança cibernética e realidade aumentada).
Para participar do Desafio, as startups devem apresentar soluções em algumas das seguintes categorias:
•Eficiência energética – sistemas de gestão de energia elétrica;
•Realidade virtual + realidade aumentada para treinamentos de segurança, operação e manutenção;
•Automatização da mão de obra para aumentar a produtividade das unidades industriais;
•Visibilidade da entrega para o cliente;
•Gestão de almoxarifado centralizado / inventário digital;
•Gestão digital de territórios no desenvolvimento mineral e ambiental;
•Gestão de palete – alternativa de paletização.
No site do desafio, é possível encontrar mais informações sobre cada categoria. Segundo o gerente global de Arquitetura & Soluções em TI da Votorantim Cimentos, Humberto Shida, a empresa busca criar um ecossistema que gere ciclos de inovação alinhados à estratégia de negócio da empresa. “Vemos na indústria 4.0 um grande diferencial para continuarmos a nossa história da inovação de forma muito mais rápida, com um escopo mais amplo, que garanta a perenidade da nossa empresa e, acima de tudo, deixe um legado para a sociedade do qual todos nos orgulharemos”, completa.
Já o o fundador e CEO do movimento 100 Open Startups, Bruno Rondani, destaca a relevância da Votorantim no projeto. “É muito importante ter uma empresa do porte da Votorantim Cimentos movimentando o ecossistema de inovação aberta. Certamente teremos soluções extraordinárias sendo apresentadas pelas três startups que mais se destacarem ao término da avaliação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here