Juno lança conta digital

Agora, a fintech tem código bancário e seus clientes podem fazer e receber TEDs até às 19h | Foto: divulgação

Desde o início de sua história, em meados dos anos 2000, quando ainda se chamava BoletoBancário.com, a curitibana Juno aposta em diversas soluções para facilitar pagamentos, reduzir a burocracia e democratizar serviços financeiros no Brasil. Agora, a fintech acaba de anunciar o lançamento da conta digital Juno. Com isso, a partir da segunda quinzena de setembro, os clientes Juno poderão realizar e receber Transferência Eletrônica Disponível (TED), agendar transferências em horário estendido, até 19h, além de pagar um preço de TED abaixo dos padrões bancários.

Com código bancário 383, a Juno passa a ser uma Instituição de Pagamento (IP) autorizada pelo Banco Central, que é um formato mais simplificado do que um banco, com foco em atender as principais necessidades da população, principalmente dos estabelecimentos comerciais. Segundo o Banco Central do Brasil, as IPs viabilizam serviços de compra e venda e de movimentação de recursos, no âmbito de um arranjo de pagamento, sem a possibilidade de conceder empréstimos e financiamentos aos seus clientes.

O product manager da fintech, Gabriel Falk, comenta a novidade. “Nossas funcionalidades até agora eram com métodos de cobrança, a partir do momento em que a donta digital Juno passar a funcionar, nós estaremos totalmente integrados com o Banco Central e nos tornamos uma Instituição de Pagamentos (IP)”, explica.

Com a conta digital, os clientes da Juno terão um número de agência e conta, atrelados ao número bancário 383 (que é o número bancário da Juno). Com isso, eles podem fazer e receber TEDs de qualquer outro Banco, dando uma alternativa adicional às cobranças por boleto bancário e cartão de crédito.

“Nós desenvolvemos nossa conta pensando no cliente que necessita de um hub de pagamentos, ou seja, de uma única empresa que forneça todos os tipos de pagamentos de uma maneira totalmente integrada e, também, que faça essa gestão de uma forma independente dos outros bancos”, finaliza Falk.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here