Terminais de ônibus em São Paulo recebem os primeiros lockers inteligentes

Startup aposta em armários digitais para retiradas de compras online; na foto, primeiro locker inteligente instalado no terminal Sacomã em São Paulo. Foto: Reprodução

Até o fim do ano, paulistanos poderão encontrar em alguns terminais de ônibus pela capital, armários inteligentes, que servirão como ponto de retirada de pacotes para aqueles que sofrem ao receber encomendas em casa. O serviço é uma opção de entrega que já faz sucesso nos EUA e Europa, e que agora é idealizado pela startup PickBox, que aposta nessa revolução logística aqui no Brasil, começando por São Paulo (capital). A primeira unidade dos armários já foi instalada no Terminal Sacomã, mas a empresa diz que outros lockers já estão sendo produzidos para outros terminais nos próximos meses.

Os lockers inteligentes são projetados para serem intuitivos e de fácil acesso. O usuário na hora da compra online, seleciona a opção do locker em lojas parceiras da Startup, para retirar em um dos armários da PickBox que estarão localizados em pontos de grande fluxo por São Paulo. Feito isso, é só retirar no local selecionado definido pelo consumidor, desbloqueando o locker através do código de segurança que o usuário receberá via SMS, Whatsapp, e-mail ou por onde preferir. A encomenda é totalmente rastreada e o usuário recebe notificações sobre o andamento da compra até a chegada do seu pacote pelo celular.

Segundo a StartUp, o intuito é gerar um serviço de retirada de mercadorias que seja econômico, seguro e inclusivo. Parte do projeto tem como objetivo promover a inclusão de pessoas que não tenham acesso a um CEP. Os lockers são fabricados em chapa de aço carbono de 2mm, com reforço estrutural garantindo a segurança, que suporta vandalismo, sendo monitorados por câmeras, e estarão em alguns terminais de ônibus até o final desse ano.

Além disso, parte do projeto possibilita a instalação de lockers em condomínios com total integração com portarias virtuais, facilitando também o dia a dia das pessoas que passam muito tempo fora de casa e não têm disponibilidade para aguardar suas encomendas ou ter alguém para recebê-las.

“O próximo passo é divulgar para nossos parceiros e expandir a localização dos lockers, já em condomínios, para que os clientes tenham a experiência de receber sua encomenda sem ter que pedir para alguém receber por ele”, afirma Fernando Souza, um dos responsáveis pelo projeto. Mais unidades dos lockers já estão em produção e já foram homologados pelo Correios. A plataforma promete facilitar a vida do brasileiro e incluir aqueles que ainda sofrem com problemas de logística e entregas no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here