WOW anuncia chegada de grupo de investidores e abre inscrições para 20ª turma de startups

Com novo grupo de investidores-anjo, principal aceleradora independente do País planeja apoiar 40 startups em dois anos; inscrições para o Batch#20 vão até 23 de agosto

André Ghignatti, CEO da WOW | Foto: Divulgação

A WOW, maior aceleradora independente de startups do Brasil, acaba de estruturar um novo grupo de investidores-anjo para alavancar os projetos de aceleração de startups. O novo grupo é composto por empreendedores de sucesso, muitos acelerados pela WOW, executivos e profissionais renomados em suas áreas, vindos de diferentes regiões do Brasil e também do exterior. Com isso, a aceleradora agora conta com uma rede de mais de 300 investidores-anjo, que devem apoiar 40 novos negócios em dois anos.

Entre os investidores-anjo da WOW está Cassio Bobsin, CEO da Zenvia, que recentemente levantou R$ 1 bilhão em IPO na Nasdaq. “Os investidores da WOW, além de aportar capital, são empreendedores e executivos que querem aportar seu tempo, sua experiência e seu networking para acelerar o crescimento das startups. O sentimento de give back é tão importante quanto o retorno financeiro”, diz.

Batch#20

Paralelamente à chegada do novo grupo de investidores-anjo, a WOW anuncia a abertura das inscrições para a 20ª turma do seu programa de aceleração . Como todo o processo de seleção e aceleração é online, empreendedores de todo o território nacional podem se inscrever no Batch#20 da WOW, que busca startups de todos os setores da economia, desde em estágio de validação de MVP até startups que apresentam curva positiva de crescimento de receita. As inscrições ficam abertas até 23 de agosto.

Uma das novidades do Batch#20 é que, a partir de agora, a decisão sobre o valor do aporte será tomada pelos próprios empreendedores no momento da inscrição da startup no processo seletivo. O valor do investimento passa a variar entre R$ 100 mil e R$ 300 mil, com a possibilidade de follow on direto da aceleradora de até R$ 750 mil. No novo formato, não é feito “valuation” da startup nesta fase, que será definido com base na próxima rodada que a startup captar.

“Esse modelo dá flexibilidade para o empreendedor equilibrar a demanda de smart e money que sua startup precisa nesta fase. Na WOW, acreditamos que quanto mais liberdade o bom empreendedor tem para decidir, melhor será o resultado”, explica André Ghignatti, CEO da WOW Aceleradora.

O programa de aceleração também foi repaginado. Agora, o foco é ajudar a startup na validação de product-market fit e estruturação de crescimento. A WOW desenvolveu metodologia própria para ajudar a startup na validação de mercado, produto, canal de vendas e pricing levando em consideração o estágio de cada startup. Para isso, a WOW organizou seu programa em três níveis de maturidade: validação, tração e scale up. Novamente, será o empreendedor que decidirá por quais estágios quer passar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here