ABC quer normalização do atendimento ao público nos bancos

Tema foi discutido com diretor da Febraban em assembleia da entidade regional

Foto: Helber Aggio/PSA

O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC enviará ofício ao Ministério da Economia e aos órgãos federais relacionados ao setor financeiro para solicitar o retorno do atendimento normal dos bancos, que no momento adotam horário reduzido de atendimento ao público, por conta da pandemia. A ação foi definida hoje (10), após reunião que contou com a participação do prefeito de São Paulo.

Em contato virtual, o diretor-ajunto de Operações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Walter Faria, explicou que os bancos estão seguindo normas federais, incluindo uma circular do Banco Central (BC) que determinou o período de atendimento ao público durante a pandemia.

Diante da situação, os prefeitos decidiram que o Consórcio ABC encaminhará pedido ao Ministério da Economia para a ampliação do horário de atendimento das agências.

O presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, destacou que essa restrição atual não traz benefício para a população.

“Solicitamos à Febraban o envio de toda a documentação para verificarmos qual a lógica de essas portarias ainda estarem vigentes frente à redução dos números da pandemia. Nosso entendimento é que esse horário reduzido não faz mais sentido e prejudica a população, por isso vamos solicitar a revisão desses horários”, informa Paulo Serra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here