Instituto Mauá desenvolve plataforma de dados sobre o novo coronavírus

A plataforma é inspirada em modelos já consagrados na Itália, China e Alemanha | Imagem: reprodução

O Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) lança uma nova plataforma para servir de base e estudos futuros sobre o cenário atual do novo coronavírus no Brasil. Por meio do “Epidemic Models” é possível ter um panorama mais preciso do que ocorre no País e nos estados, além de acompanhar a migração da infecção e criar condições para a adoção de medidas mais adequadas para o enfrentamento da Covid-19.

A plataforma é inspirada em modelos já consagrados na Itália, China e Alemanha, países que já estão em seu período de diminuição do nível de infectados, conforme explica o engenheiro elétrico Vanderlei Cunha a Parro, que está à frente do projeto com os alunos do instituto.

“Então, a principal contribuição desta ferramenta é a clareza e origem de dados, disponibilizando aos interessados o código e modelos utilizados de forma aberta, o que permite análises de perspectivas de pico e previsões por região, de forma customizada. Com informações epidemiológicas de cada etapa da pandemia em território nacional, será possível a avaliação das medidas atuais e o planejamento de ações futuras para combater a propagação do coronavírus e até mesmo a forma como podemos agir com outras patologias no Brasil e no mundo”, afirma Parro.

Ciência de Dados
A utilização de ferramentas de interpretação e análise de dados é bastante comum no mercado financeiro, como na Bolsa de Valores para avaliação de risco, e nas empresas dos mais variados ramos que precisam realizar desde o mapeamento de informações sobre os seus negócios até uma análise do perfil de consumo no futuro, entre outros exemplos. Por este motivo, esse know how está sendo aplicado para mapear a Covid-19 e futuras ações contra a pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here