“Phishing” financeiro cresce 9,5%

As mensagens falsas são utilizadas para enganar as vítimas, roubar os dados pessoais, credenciais financeiras e de cartão de crédito | Foto: Freepik

Black Friday, Cyber Monday e as compras de Natal são datas importantes para o varejo que impulsionam as vendas e, infelizmente, as atividades maliciosas também. Os pesquisadores da Kaspersky detectaram um crescimento de 9,5% no phishing (fraude eletrônica) financeiro, no último trimestre de 2019. Os dados foram divulgados neste mês.

Passado as festas de fim de ano, a análise do cenário de ameaças durante o período forneceu uma melhor compreensão das tendências nas atividades ilícitas. Em 2019, a participação das mensagens fraudulentas com temas financeiros manteve o crescimento, ultrapassando mais da metade (52,61%) de todas as tentativas de phishing no quarto trimestre.

Dinâmica do phishing financeiro em 2019
As mensagens falsas são utilizadas para enganar as vítimas, roubar os dados pessoais, credenciais financeiras e de cartão de crédito. Para isso, os cibercriminosos usam marcas populares como isca. O Brasil lidera o ranking de países mais atacados por essa ameaças e registrou um aumento de 17,3% na semana da Black Friday, em comparação com a semana anterior.

Os e-mails de spam também mostraram um ligeiro crescimento no fim do ano passado, mas os temas usados nessas mensagens foram bem diversificados. Os esquemas maliciosos variavam de promessas de doações no Natal às fraudes que tentavam roubar criptomoedas ou e-mails maliciosos enviados às organizações como falsas ordens urgentes de Natal.

Variação do spam no segundo semestre de 2019
Segundo a analista de segurança da Kaspersky, Tatyana Sidorina: “O fim do ano é um momento para compras por impulso e decisões precipitadas. A pressão para conseguir um bom negócio ou a busca por um presente acaba deixando alguns usuários distraídos, o que ajuda no sucesso de um ciberataque. Obviamente, para evitar fraudes não precisa se abster de fazer compras neste período, os internautas só precisam prestar atenção extra aos pagamentos com cartão de crédito. Outro ponto de atenção é a fatura, pois é possível que uma assinatura ou uma cobrança fraudulenta apareça após dois ou três meses, já que os criminosos geralmente não usam dados roubados imediatamente”, alerta.

Para se prevenir contra spams e mensagens fraudulentas (phishing), a especialista lista os seguintes conselhos:

• Ao receber uma ótima oferta por e-mail ou SMS, cheque o endereço do site na barra superior – às vezes, ele pode ser diferente do que é visível. Caso isso aconteça, acesse a página da oferta diretamente pelo site legítimo.

• Faça compras somente em lojas oficiais e conhecidas, prestando atenção aos endereços web para o qual você foi direcionado. Se o endereço for diferente do oficial, considere procurar a oferta na página oficial ou entre com contato com a loja por telefone.

• Use uma solução de segurança com tecnologias anti-phishing e que use tecnologias baseadas em comportamento, como Kaspersky Security Cloud ou Kaspersky Total Security. Eles notificam o usuário que tenta visitar uma página falsa.

• Nunca use a mesma senha em vários sites ou serviços, pois se a senha for roubada, o criminoso terá acesso a todas as contas. Para criar senhas fortes e à prova de hackers, sem ter que se lembrar de todas elas, use gerenciadores de senhas, como o Kaspersky Password Manager.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here